Etiquetas

, , , , , , , , , , , , , , , ,

Assistindo ao programa TVZ da Multishow dei de cara com o novo clip do filme para televisão Camp Rock 2 . Sobre o que é a história não me pergunte, sei apenas que seu lançamento é em setembro. O que me chamou a atenção foi a força da imagem dos (não tão) pequenos astros da Disney!

Enquanto Madonna, Beyonce, Lady Gaga e Christina Aguilera se matam para produzir clipes chocantes, pomposos e complexos, com infindáveis referencias a Disney investe no poder de seus representantes. Os estilosos e virginais Jonas Brothers na companhia da também entediante e assustadoramente feliz Demi Lovato protagonizam o filme e junto aos coadjuvantes coreografam a trilha do filme no vídeo de pouco mais de 4 minutos. Tudo ali é simples, cenografia relativamente bem cuidada, figurino que segue a linha no filme, arrumadinho mas que pode ser facilmente encontrado em lojas populares em qualquer lugar do mundo, e história  nula, afinal para que perder tempo pensando em roteiro, tomadas externas ou qualquer outro recurso se temos os ídolos pré adolescente?

Em pesquisa rápida ao termo Camp Rock 2 já foi possível numerar o sucesso. No Facebook são 313 resultados onde 33 mil pessoas curtiram o conteúdo da 1ª página. No Youtube o vídeo da música tema já foi visto mais de 2 milhões e meio de vezes em dois meses, antes do lançamento do filme vale ressaltar ! Temos também o Orkut, onde 722 comunidades foram criadas, e a 1ª pagina de busca apresenta cerca de 300 mil membros. Agora o cd com a trilha, só em 11 de Agosto.

Tudo isso ilustra muito bem a habilidade midiática da Disney, uma fábrica de ídolos, que habilmente manipula crianças e jovens com um talento mínimo, moldados para produzir o maximo de dinheiro possível, o futuro é conhecido: a grande maioria se perde em meio as drogas e álcool, quase a insanidade (Britneys, Lidsays Lohans e Cia). Uma pequena parcela , de talento real ou inteligência mínima obtém algum sucesso como Justin Timberlake e a própria Christina.

Quanto ao conteúdo gerado pela Disney, bom, as mensagens não são das piores, politicamente corretos os filmes e as personalidades ainda sobre as asas do estúdio são relativamente estruturados, o problema acontece ao atingirem relativa idade, e o erro se repete: Fotos das garotas nuas ou praticando sexo caem na rede com freqüência como as das cantoras Vanessa Hudgens e Miley Cyrus, e os meninos vivem as voltas com álcool.

Agora fica a pergunta, quem cuida desses jovens e crianças? Podemos pressupor que a Disney não preza pela bem estar dos seus astros e obviamente não é papel dela, porem essa parece ser a desculpa de todos: NÃO É NOSSO PAPEL, é assim com os professores e escolas que se omitem, dos pais que pagam profissionais para realizar tal tarefa e assim temos gerações de crianças e jovens sem limites e problemáticos.

Aguardamos portanto uma longa geração Disney, de jovens e adultos infelizes e viciados! Viva! Ganhemos junto a assinatura do canal, Prozac ilimitado!

Advertisements