Etiquetas

, ,

Bom , para andar por Buenos Aires eu optei por ignorar revistas e guias oficiais e fui na base do bom e velho Blog, usei basicamente esses 3: O 1º é do Glauco Descolex que é um resumo desse Guia Hype Argentino da Amanda Mafra  e complementando, os posts do Blogayro Tiago no Introspecthive .

No fim das contas me identifiquei mais com os dois primeiros, o Tiago é mais velho, tem um gosto musical completamente diferente e uma noção diferente do que é caro ou barato então teve pouca utilidade.

Vou seguir mais ou menos a mesma estrutura da Amanda e dar minhas dicas gerais e depois separar as outras por bairros.

Tempo de Viagem

3 Dias são suficientes para passar na cidade, vai conhecer tudo e se sentir a pessoa mais ryca do mundo, passando disso todos os pequenos defeitos vão te irritar e você corre o risco de detestar a viagem.

A viagem

Nem cogite ir ônibus, é uma viagem longa e a diferença para uma passagem de avião é pouca, eu gastei 600 realidades parceladas em suaves 6 vezes de 100 o que nem desestruturou meu orçamento! Agora assim eu fui de GOL, e cara é osso, sou meio larguinho então sofri levemente, se você puder gastar uns Mil e pouquinho pra ir de TAM recomendo. Lan Chile não sei como funciona mas o preço é mais perto da GOL então vale uma olhada.

O Dinheiro

Levei uma parte em peso e o resto saquei lá, meu banco é o HSBC e nem precisei pedir cartão internacional ou nada porque o banco já é internacional, paguei uma taxa de 15 pesos (7,50 reais) por saque mas nem liguei, porque a praticidade vale esse gasto. Lá tem bastante Itaú , que não cobra o saque, então é só ligar pro seu gerente e pedir pra ativar o internacional. Banco do Brasil só vi 1 então não recomendo. Ah tem pencas de Santander então se tiver conta nele conversa com o gerente pra ver o esquema.

Levar dólar não compensa, trocá-los por peso então é uma bobeira que sai mais caro.

A maioria dos lugares fora as baladas e transporte aceitam Visa e Master, principalmente Visa então se não tiver cash dá pra recorrer ao bom e seguro cartão.

Hospedagem

Outra coisa barata: Hotel , Hostel, o que for, é barato em relação ao Brasil. Eu particularmente não queria gastar dinheiro com isso então fui de Hostel, dividindo o quarto com mais 3 pessoas e o banheiro com o andar. Fiquei nesse aqui  e foi ótimo, tudo limpo, café da manhã simples mas honesto e os atendentes simpaticíssimos. É se não me engano o mais antigo da rede mas nem liguei, adoro a atmosfera antiga! Uma amiga que é fresca com banheiro detestou, sofreu e apelou até para banho de lenço umedecido no final da viagem, se você é dessas vá para um hotel.

Banheiros

Tudo que a cidade tem de cheirosa os Banheiros tem de cagado, literalmente. São fedidos, imundos e geralmente apertados. Então louve o banheiro do seu local de estadia e cara se ele não for decente, você tá fodido.

Transporte

O Taxi realmente é uma pechincha, atravessar a cidade custa cerca de 30 pesos (15 reais). Mas cuidado com o truque, eles trocam muita nota, tipo: você da 100 pesos eles pegam falam que não tem troco e devolvem, mas nesse meio tempo eles trocaram a sua nota original por uma falsa, então tente ter sempre trocado, e obviamente rola aqueles truques tipo no Brasil de darem uma voltinha a mais pra corrida render, mas né, nesse preço você até deixa.

O Metro é velho e imundo, mas olha usei horrores, tem uma estação a cada 3 quadras de cada grande avenida e custa 1,10 pesos (55 centavos). Só lota as 6 da tarde e aos finais de semana você pode dar sorte de ver umas apresentações de guitarra.

O porem do metro é: Ele não tem hora pra fechar, depende da vontade dos funcionários, geralmente entre as 22h as 23h. E tenha sempre seu bilhete a mão! Eles podem simplesmente resolver fechar a bilheteria uns 15 minutos antes da estação!

O Ônibus, se não me engano é 1,20, não sei porque peguei pouquíssimo, por dois motivos: 1º só aceita moeda, que você coloca em uma maquininha, mas tipo NINGUEM na cidade da troco em moeda, então você das duas uma: ou fica sem saber o que fazer ou sai pedindo pra galera trocar nota por moeda (o que nem sempre rola, ou rola com certa inflação, tipo você dá 5 pesos e nego te da 3 moedas de 1) 2º com o metro em todo canto, nem vale ficar esperando ônibus.

Reza a lenda que os ônibus funcionam 24h, eu até vi uns passando na madruga, mas olha o taxi naquele preço nem vale pagar pra ver!

Comida

Se te falaram que a comida em Buenos Aires é a 8ª maravilha do mundo NÃO SE ILUDA, ela é sim muito barata, mas praticamente tudo é sem sal, a carne famosíssima vem crua, não mal passada, não meio sangrando, é crua mesmo.

A prova!

Os fast – foods de fast não tem nada, o MC é joselito e a maioria dos lanches são  iguais aos nossoso mas em versão ampliada: o Big Mc é na verdade Mc Triple, vale lembrar que é Coca – Cola. Já o Burguer King tem mais lanches diferentes só que é Pepsi. Ambas as redes tem o mesmo preço daqui e servem café da manhã em tempo integral, o que pra eles é essencial porque tomam Café com TUDO, tipo pedem um lanche, batata, refri e um COPO de CAFÉ.

Eles tem uma fixação com presunto (Jamones) e onde podem enfiar eles enfiam, então se não curte vai passar um perrengue de leve.

Couvert: geralmente é pão, e quase todo restaurante oferece sem nem cobrar, mas esquece acompanhamento, se der sorte ganha uma manteiga. É meio brega, mas eu até pensei em roubar umas pequenas do café da manhã, mas como curto pão puro nem liguei muito.

Se você é locona das finanças e calcula tudo com notas fiscais é melhor andar com um caderninho, a maioria dos garçons geralmente simplesmente chegam e falam o preço da conta!

A melhor pedida são as EMPANADAS, são maravilhosas, baratas e sempre vai ter algum lugar que vende empanada. As minhas preferidas foram as da Kentucy, na Av. Santa Fé, que é uma pizzaria bem perto do Metro Palermo  

Quiosco ( assim que fala mas não garanto que é assim que escreve), são junto as farmácias as coisas que mais tem na cidade, são tipo Lojas de Conveniência de posto de gasolina só que a cada esquina: Cheia de chocolate, alfajor, chiclete e etc. Meio carinho mas quebram um galho.

A famosa Parrillada: Bicho esse é tenso, vende em tudo que é restaurante e é um churrasco de tudo, eu fui Brasileiro e encarei, se não me engano comi fora lingüiça e carne, um rim, um fígado e um intestino. Pra quem curte experiências gastronômicas vale experimentar.

Cuidado com os MERCADOS, só entre se for necessario, apesar da cidade ser muitoi limpa  os mercados tendem feder a merda (juro por deus)

Dica: Tenha muita paciência, o atendimento em qualquer lugar é lento, então relaxe  e curta!

Bebida

Olha se existe um lugar no mundo pra ser alcoólatra esse lugar é Buenos Aires.

A garrafa de cerveja (Quilmes) no mercado é 4,20 pesos (2,10 reais) e é de UM LITRO. Nos bares um pouco mais caras mas nada absurdo.

Vinho é de graça a garrafa mais cara que vi foi em um restaurante bacana e custava 100 pesos (50 reais). Mas no geral custa, 20, 30 pesos no máximo (15 reais).

Pra se ter noção em meu momento mais HighLight foi quando a certa altura da noite achei mais seguro escrever o endereço do Hostel no braço por garantia (uma boa garantia levando em conta que foi ultil no fim da noite)

Noite

Aqui é um ponto espinhoso: Eu não gostei de quase nenhum lugar que fui. 1º porque lá a balada começa cerca das 4 da manhã, como eu fui pique turista não tinha forças para esperar até tal horário, e não se engane, não é porque começa tarde que vai até tarde, geralmente é só até as 7h, no máximo 9h da manhã.

O lado bom é que são raras as baladas que pagam pra entrar então rola você ir trocando, se for se hospedar em Hostel tem uns pacotes tipo 3 bares com bebida free e uma balada no final.

Chaveco é algo inexistente, eles chegam chegando, o que é até que pratico mas irrita um pouco levando em conta que durante o dia ninguém nem te olha ou pede desculpas quando esbarra em você pela rua.

Aposte em baladas com amigos e um longo esquenta, o que não foi o meu caso, todas as amigas estavam em uma pegada diferente da minha (ou pra mais ou pra menos) e eu não sou muito fã de esquenta.

Bom acho que pra começar é isso, conforme for passando a semana vou postando o que tem de mais legal em cada Bairro e os lugares pra  comprinhas

Advertisements