Viajei no meio do Ano para Buenos Aires, passei3 dias incríveis, porém no quarto tudo começou a me irritar, principalmente o descaso dos atendentes da cidade (restaurantes, lojas, policia e a própria população). Neste Carnaval no Rio de Janeiro a mesma coisa.

Sempre me orgulhei viver em São Paulo, e digo com toda certeza que não me mudo daqui tão cedo exatamente por causa disso, grande parte dos paulistanos tem noção e preza pelo bom atendimento, mas de uma coisa não podemos fugir nunca: Atendimento de telemarketing.

Nesse final de semana fiquei sem internet, culpa da operadora NET, ao tentar seu atendimento via fone os mesmos problemas de sempre: Pessoas despreparadas, lentidão no atendimento, telefonemas desligados na cara, falta de supervisores. E obvio nenhuma solução.

Não vou detalhar a saga pois é longa, durou mais de 6 horas, e ouvi absurdos da ouvidoria que demora de 1 a 3 úteis para dar uma resposta.

O PROCOM, órgão de atendimento ao consumidor, trabalha exclusivamente de seg a sexta e é outro mar de burocracia.

No final do ano passado fiz um longo post do Natura Nós. Na época tentei um processo, porem por falta de tempo e estômago desisti, resolvi que nunca mais iria em shows realizados pela Mondo Entretenimento, uma pena levando em conta a boa curadoria da empresa (Abri uma exceção para o show da cantora Janelle Monae, sim ela vale todos os sacrifícios)

Tenho um celular arcaico só pra não ter problemas com equipes técnicas e operadoras de telefonia (é um pré pago que uso na maioria das vezes pra receber chamadas, só de pensar e verificar novos planos já me da arrepio).

Ir ao Starbucks e Casa do Pão de queijo só em caso de necessidade, o Subways está quase entrando na lista tamanha a lentidão de atendimento e má vontade dos funcionários.

A que ponto cheguei não é? Me privar de bens materiais e atividades sociais por incompetência alheia. No meu trabalho sou cobrado constantemente pela excelência (e não deveria ser diferente), nos meus estudos e projetos pessoais quero sempre o melhor. Porque o mundo se contenta com qualquer coisa? Porque as pessoas prezam a ignorância e o descaso?

Vou tentar o PROCOM novamente durante a semana, mas já sei o que vem por ai: um chá de cadeira e muita dor de cabeça…

E viva a mediocridade da civilização moderna!