Etiquetas

, , , , ,

Olha, viado é cheio de criticar, encher o saco, reclamar de homofobia, mas ensinar hetero a lidar com gay ninguém ensina. Não estou dizendo que  gay tem que ser tratado de forma diferente mas eu como gay também tive de aprender a lidar com outros gays, então vou aproveitar a experiência e dar umas dicas práticas em 5 passos:

1) Chamar de viado é pra quem tem intimidade.

Como já falei aqui no blog chamar de viado, bicha, frutinha ou o que for pode, piada também pode, mas para isso é preciso ter intimidade, fora de contexto vai ser ofensivo.

2) Gay também curte futebol.

Sim gente, gays as vezes  gostam de futebol, e pasmem, as vezes não gostam de moda, musicais ou Lady Gaga. Sim, essas coisas permeiam o universo gay mas não pode generalizar, do mesmo jeito que nem todo baiano ama pimenta ou brasileiro bate uma boa bola, gay também tem gostos diferentes. Eu por exemplo detesto futebol, amo musicais e curto a Lady Gaga, mas olha, se me chama pra uma micareta, rodeio ou pagode tamo junto!

3) Não é porque eu sou gay que eu vou ficar com seu amigo gay

Esse é um dos atos mais comuns por parte dos heteros: conhece dois gays e automaticamente quer apresenta-los. Gente eu sou viado não tô desesperado pra arranjar um homem (posso até estar, mas né, MEU tipo de homem). Ser gay não torna a pessoa simpática, envolvente ou faz com que você sinta atração imediata só porque ela é gay.

4) Deixando o sabonete escorregar.

Piada mais do que velha e que gera um desconforto na hora dos banhos coletivos obrigatórios o sabonete escorregando que leva o sr machão a abaixar dando fácil acesso ao fiofo não quer dizer nada. Meu querido, cu todo mundo tem, se fosse só isso que me importasse eu estaria comendo o da mulherada, mas não, o que me importa é o pacote completo, então meu bem, essa sua bundinha peluda pode estar arregaçada como um luminoso apontado pra ela que se eu não estiver interessado em você não vai adiantar. E outra, mesmo que eu esteja interessado, acha mesmo que eu vou saltar e me encaixar em sua derrière que nem cão no cio no meio da galera?

5) Eu trepo, tu trepa, eles trepam.

Se tem uma coisa que todo mundo curte falar é de sexo. Então se você jogou o assunto na roda não adianta fazer cara de nojo quando um gay contar sobre sua noite com o boy. Amigo, se você não está pronto para entender que é um pinto e um buraco e nada mais, você não pode ter amigos gays.

É isso, amigos gays por favor mandem dicas vibe essas para eu descorrer sobre o assunto e torcer pra não rolar nenhuma lampadada virtual🙂