Sempre tive dificuldade em entender o conceito de fidelidade.

Fidelidade tem a ver com sexo? amor? honra? comprometimento? tudo isso? ou nada disso?

Assim mesmo, cheio de interrogações, gramaticalmente incorreto, mas imageticamente necessário

Pensemos na relação que temos com a família, o primeiro parâmetro de socialização e amor que temos: é possível amar apenas a mãe, o pai, um único irmão ou irmã? Não digo afinidades, digo amor.

Acho que sim, mas isso não significa que vá amar exclusivamente um único parente.

Ai temos os amigos. Tenho incontáveis melhores amigos, as vezes são só colegas, as vezes só amigos de balada, as vezes nem são realmente amigos, o que importa é que eu os tenho. Mas como posso valorizar mais um do que o outro? Como seria se alguém pedisse que me comprometesse com apenas um deles?

Assim é a monogamia e a fidelidade. Tenho falado com várias pessoas sobre isso: solteiros, casados, heteros, gays, bissexuais, divorciados, juntados, enfim, todo tipo de gente e o ponto em comum entre eles é a opinião sobre relacionamentos monogâmicos: difíceis, delicados, devem ser trabalhados, respeitados e na maioria das vezes vale a pena.

Ai me pergunto: valem mesmo? Porque essa necessidade que nós, seres humanos, temos em possuir o outro? Porque lembre-se,  o casamento, a monogamia, é posse, é o só você ter e ninguém mais.

São tantos os casais traidores, que se amam verdadeiramente, que sonham, planejam, mas traem. Porque estão juntos se traem? Porque amam.

Não está na hora de pensar o amor como algo livre? Em rever estruturas tão deficientes quanto o casamento? De tentarmos sermos menos egoístas e felizes, buscando em mais de uma pessoa coisas que lhe complete?

Falta muito respeito, e principalmente amor para que isso aconteça, mas aguardo os primeiros que consigam. Quem sabe não está por vir em meio a essa nova geração tão criticada que tem a sexualidade mais a flor da pele?

Vamos acompanhar e torcer, porque ando confuso quanto ao amor, tamanho o desrespeito que o mundo têm tido por ele por conta dessa visão engessada que carrega.

Advertisements