Etiquetas

, , , , , , , , , ,

Cara eu sou uma pessoa que reclama, e pra caralho. Mas reclamo porque muitas coisas me incomodam, e em momento algum procuro motivos para me irritar.

E uma coisa que tem sido muito motivo de reclamação são as reclamações desnecessárias dos outros.

Vou exemplificar: 1 ano atrás mais ou menos fui ao Festival Natura Nós e sai mega frustrado com a qualidade do eventos, após isso fui ao show da Amy Winehouse e sofri novamente com a estrutura. A partir dai optei por não mais ir em eventos organizados pelo grupo ABC

É um saco, odeio perder shows que gosto por incompetência de uma empresa ou de pessoas desqualificadas, mas não aguentava mais reclamar (e sem retorno), ficar puto e sentir que estava sendo enganado.

Quando saíram os line-ups do Rock in Rio, SWU e Planeta Terra reclamei pencas das atrações e mesmo tendo uma ou outra que salva optei por não ir.

Vendo os primeiros dias do Rock in Rio achei que foi a decisão mais acertada. Fiz alguns comentários no twitter sobre o show da Katy Perry porque fiquei realmente impressionado com o vocal podre dela e sempre com uma pitada de humor pelo menos. E só, depois disso nem me dispus a perder meu tempo vendo as outras atrações, mesmo que pela televisão.

Mas essa não parece ser a posição das pessoas, no twitter, facebook e em outras redes sociais impera o reclamar por reclamar. O julgar tudo e todo mundo.

Não digo que não aprecie uma boa ironia, reclamações bem feitas e justas são validas e eu até me divirto com alguns comentários. O @bomdiaporque inclusive vive de comentários ranzinzas e é um dos perfis que mais me diverte e preza pela dinâmica do “menos é mais”: são de5 a10 tweets por dia, quem utiliza o twitter sabe que esse é um número super ok que em nenhum momento incomoda os usuários.

Ambientei esse discurso nas redes sociais pois é com o que trabalho e onde as pessoas tem mais espaço e liberdade para agir dessa forma tão estúpida, mas na vida offline é também assim: terminei um série de amizades porque não aguentava mais reclamar dos defeitos da pessoa, sofro, e muito, com essa escolha, mas sei que vai me fazer uma pessoa melhor e mais seletiva com quem quero conviver.

Pena que por conta do que escolhi fazer profissionalmente, que tem seu lado incrível mas sofre com esse tanto de reclamação,  não tenho a opção de acabar com tudo e tornar minha vida mais leve. Ou tenho?