Etiquetas

, , , , ,

Sempre fui afeito a listas, em geral as esqueço ou as deixo pela metade mas nada muito grave. Aos 15 nunca programei nada, aos 20 faço listas e quem sabe aos 30 começarei a cumprilas,é isso que importa.

Comecei o ano lendo Tudo é tão simples da Danuza Leão, e esta sendo divertidissimo, como é pratica e confusa ao mesmo tempo Danuza, aquele tipo de livro em que se aproveita poucas coisas mas se diverte com quase tudo, no começo senti um certo desconforto mas ai percebi que nada mais era que um retrato de uma senhora de muita idade perdida entre a casualidade moderna e as regras de condutas antigas.

Ai resolvi fazer minhas regras para 2012, em 2ª pessoa porque mesmo sendo minhas metas acho que se as escolhi para mim será bom para todos.

– Não fale mal por falar mal, comentários maldosos são deliciosos mas fora de hora e mal interpretados podem virar problemas desnecessários.

– Admire coisas que gosta e ignore o que não gosta: vale para pessoas, músicas, programas de tv. Tem quem curta então porque perder tempo reclamando?

– Ande mais a pé, sempre fiz e sempre vou fazer, troco qualquer transporte por caminhada quando possível, você vai ver coisas inimagináveis, ter muitas histórias e o mínimo de atividade física.

– Coma quanto quiser, quantas vezes quiser: repita o prato incontáveis vezes, guarde dinheiro para aquele restaurante que todo mundo fala. Se isso não te der prazer simplesmente não coma. Se a gordura for o problema – coma dessa forma uma vez por mês ou semana. Uma vida sem excessos não é vida.

– Faça amigos, de balada, de viagem, de trabalho, no bar da esquina ou na internet. A amizade pode durar 15 minutos mas se proporcionou uma risada já valeu como uma boa amizade.

– Ouça sertanejo, hip hop, axé, pagode, música gospel e eletrobrega mas não esquece do rock, da música clássica, mpb e música eletrônica. Deixa de pedante e aprende que sempre, algo nisso tudo vai te agradar, seja em uma letra engraçada, uma batida repetida ou voz deliciosa.

– Viagem, essa roubei da Danuza: assim que voltar de viagem compre a próxima passagem parcelada no cartão, pense como uma conta fixa, um aluguel diversão. Meus pais tem feito isso sempre que possível e tenho tentado, pena que meu descontrole financeiro não ajuda muito hahaha.

– Faça atividades fisicas – se você gosta faça com prazer, se não faça o mínimo para a saúde.

– Compre o que precisa, e o que não precisa. Pra que ser o cadáver mais rico do cemitério me fala?

– Leia pelo menos um livro por mês, veja um filme por semana e folheie um jornal por dia. Exercícios mentais são mais que bem vindos.

– Vá mais a exposições, feiras, teatros e shows. Eles nunca são demais.

– Vá ao médico pelo menos uma vez no semestre, nem que seja para dar oi.

– Vá a mais ou menos baladas, o importante é não manter o ritmo, o ano mudou, não é possível que você continue na mesma vibe.

– Se não tem um twitter e um facebook, faça, se tem, delete.

– Seja você mesmo, pare de se importar com os outros, viva sua vida e se dedique ao máximo a tudo que estiver fazendo se não quiser se dedicar não faça.