Todo mundo que prestou minimamente atenção nas aulas de história no colégio sabe que a humanidade só evolui quando se uniu (aquela coisa dos nômades que se juntavam em  grupos e migravam em busca de alimento etc) o que nos leva a entender como hoje milhares de anos depois sintamos necessidade de compartilhar momentos com semelhantes.

A hipermodernidade intensificou ainda mais essa necessidade de companhia, mesmo só, você twitta, facebooka, instagrama, sabendo que pelo menos meia dúzia de pessoas vai saber o que está se passando. Você pode estar sozinho mas é inegável que com a facilidade do smathphone a solidão passou a ser algo praticamente inexistente.

Com essa combinação de instinto e facilidade técnica o mundo cada vez mais faz com que você se sinta uó por estar sozinho: a carência bate, a tristeza domina e noto cada vez mais a quantidade de amigos e amigas se dizendo incapaz de ter um momento solitário.

Não acho errado querer companhia; família, amigos, namorados e namoradas então ai pra suprir essa necessidade mas acho que é essencial o saber fazer as coisas por si só: nem sempre o outro esta disponível então porque sofrer?

Conversando com um amigo elaborei uma lista, 08 atividades para se fazer sozinho, com minha percepção do olhar julgador alheio e dicas de como tirar proveito das situações. Obviamente você não é obrigado a concordar e isso não é um manual caga regra porque eu não sou a revista NOVA e cada um sabe o que quer da vida, mas gostei da ideia de compartilhar minhas experiências:

08) Atividade física: esse é facião, pela essência da coisa você já não pode conversar muito e dificilmente alguém vai estranhar se você chegar na academia sozinho. A dica aqui é, abdique por alguns minutos do fone, veja o que se passa no entorno, já consegui descobri como funcionava muito aparelho de academia de olho na galera e peguei muita receita boa de dieta (e de comidinha diet porque sou desses que fazia exercício com a terceira idade enquanto passava Ana Maria Braga)

07) Compras: pra mim tá no nível suave também, tem gente que é incapaz de comprar uma peça de roupa sem opinião mas cara é você que precisa daquilo, faça suas escolhas, se tem dificuldade comece com coisas básicas como aquele par de meia brancas ou um pijama para uma viagem, depois evolua pra coisas de casa chegando finalmente as roupas, de preferência pra magazines e locais que a vendedora não ganha por comissão e vai ficar te entuxando coisas inúteis.

06) Transporte público: esse é um dos meus maiores amores de solidão, acho que não tem lugar no mundo que me divirta mais, além do fato de que raramente você terá companhia para ir as aulas ou trabalho. AMO acompanhar a vida de quem divide o transporte comigo, já foi pauta de post aqui no blog inclusive. Uma dupla de amigos aproveitou e fez uma série de textos chamado As passageiras baseado na série global, um outro criou um tumblr com fotos apenas de flagras de boys gatos que cruza por ele e por fim um tem o hábito de acompanhar quando rapazes olham pro bumbum das meninas e encara eles com um risinho de “te peguei” e juro, é uma das coisas mais engraçadas do mundo.

05) Atividades culturais: esse é ótimo, odeio ser obrigado a ir em exposições e seguir o ritmo de outras pessoas, as vezes se está desinteressante passo o olho e faço tudo em minutos em outras já me dedico horas vendo uma única obra então é ótimo encarar a situação sozinho. A dica é levar um caderninho, anotar as coisas que mais gostou para pesquisar depois, quem sabe não descobre aquele artista da vida numa dessas.

04) Refeições: aqui é pesado, garçons tem uma tendência absurda a sentir dó de você quando chega pra almoçar ou jantar sozinho, e né como estará ocupado comendo não dá nem pra puxar um livrinho. Então o negocio é ficar de rabo de olho nos pratos e sobremesas que passam para fazer boas escolhas.

03) Balada: amo /sou sair de balada sozinho, mas a não ser que você esteja indo por aquele DJ da sua vida e precisa ficar bem o negocio é ir ultra bêbado, fazer amigos no fumodromo, flertar horrores, é incrível, não tem que ficar se preocupando com os amigos ou aquele ex chato. Tenta um dia, garanto que vai amar.

02) Viagem: puta, eu amo viajar com amigo e amo viajar sozinho, mas tenho preferido a segunda opção, não ter hora pra dormir, acordar, comer, poder estender a viagem ou diminui-lá conforme o seu coração mandar, pra rolar legal leve uma boa playlist, um bom despertador, um bom guia e siga todas as outras dicas que dei até agora, afinal em uma viagem você irá comer, beber, comprar, fazer atividades culturais e até pegar uma baladinha né?

01) Bar: sério é a coisa mais hard do mundo, eu sou cervejero, amo amo amo tomar uma boa cervejinha num boteco qualquer vendo a banda passar e lendo um livro mas aparentemente isso é algo inimaginável para 99% da população, povo passa e te olha com uma cara de ABANDONADO, SEM AMIGOS ou na melhor das hipóteses ALCOOLATRA. Um livrinho como falei sempre cai bem assim como experimentar aquela cervejinha de dois dígitos que nunca tem coragem de beber, vale o presente.

Advertisements